Item 03 - Foto 03

Open original Objeto digital

Área de identificação

Código de referência

BR SPCVP AF-AF02-03

Título

Foto 03

Data(s)

  • 1º de agosto de 1967 (Produção)

Nível de descrição

Item

Dimensão e suporte

Documento iconográfico, fotografia, 21,7cm x 28,7cm, 01 item.

Área de contextualização

Nome do produtor

(1822 - dias atuais)

História administrativa

A Câmara Municipal de Piracicaba foi criada em 1822, em decorrência de um ato do Governo Provisório de São Paulo, no qual a Freguesia de Santo Antônio de Piracicaba foi erigida à categoria de Vila, recebendo o nome de Vila Nova da Constituição, em homenagem à Constituição Portuguesa que fora recentemente promulgada. A elevação da Freguesia à condição de Vila e a disposição da Câmara Municipal marcam o início da autonomia administrativa da região.
Através da Ata de Instalação da Câmara e de eleições indiretas se tem a primeira sessão da Câmara Municipal da Vila Nova da Constituição, que ocorreu no dia 11 de agosto de 1822, na residência do Juiz-Presidente, o Capitão João José da Silva. Já a primeira Casa da Câmara que se tem notícia foi construída onde hoje está localizada a praça José Bonifácio. Ali foram instalados os diferentes órgãos administrativos da Vila, na seguinte disposição: a Casa da Câmara foi construída na praça José Bonifácio com sua face principal voltada para a igreja matriz, ao lado e anexo à Câmara estava a Cadeia e no centro, entre a Câmara e a Igreja Matriz, foi instalado o Pelourinho. Anos depois a Câmara migrou para um imóvel na Praça Tibiriçá. Posteriormente, instalou-se na confluência das Ruas Alferes José Caetano e São José, e em 1975, no número 834 da Rua Alferes José Caetano, local onde se encontra até os dias atuais.
Com a proclamação da república no Brasil, foi outorgado também o primeiro Regimento Interno da Câmara Municipal de Piracicaba, no qual a constituição, estrutura, atribuições, funções, competências e atribuições da Câmara foram regulamentadas. E, em 1908, passa a entrar em vigor uma nova organização do sistema municipal, com a separação das funções da Câmara e do Prefeitura, e a designação dessas atribuições.
No dia 1º de agosto de 1975 ocorreu a inauguração da sede da Câmara Municipal de Piracicaba, na localidade que se encontra até os dias atuais (Rua Alferes José Caetano, nº 834).

Entidade custodiadora

História do arquivo

Procedência

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Quadrante 1: Na fotografia, em destaque, há uma mulher sentada em uma poltrona estampada, ela está usando blazer claro e há uma bolsa em seu colo. No fundo há alguns homens, sendo o segundo, da esquerda para direita, o delegado de ensino José Paes Silvado (?) usando terno escuro, conversando com um homem não identificado. À direita, há um menino loiro e dois homens conversando.
Quadrante 2: Na foto há alguns homens enfileirados para tirar uma fotografia. Da esquerda para direita, na primeira fileira: vereador João Fidelis, usando terno preto e com as mãos cruzadas na frente; Luciano Guidotti, com terno escuro e cabelos brancos; vereador Mário Stolf com terno mais claro e detalhe no bolso do terno; vereador Jorge Antônio Angeli, na frente de outro homem, com um copo de bebida na mão, usando terno escuro e homem não identificado segurando um copo na mão.
Quadrante 3: Em primeiro plano há uma mulher sentada em uma poltrona estampada, ela usa roupas claras e está no meio de uma fala. Em segundo plano, há seis homens em pé. Da esquerda para a direita: homem não identificado de perfil usando terno claro; delegado de ensino José Paes Silvado usando terno escuro, com as mãos cruzadas na frente do corpo; militar não identificado fardado segurando um uma mão seu chapéu e em outra um copo; menino loiro não identificado; homem não identificado de terno claro e gravata listrada e homem não identificado de perfil, segurando um cigarro e usando óculos.
Quadrante 4: Em destaque há três pessoas sentadas. Da esquerda para a direita: mulher não identificada de roupas brancas; mulher não identificada sentada em poltrona estampada usando colar de pérolas e vestido escuro e Ministro da Agricultura do Senegal, Magote Lô, usando trajes brancos e pequeno chapéu.
Ao fundo, do lado direito, da esquerda para a direita se vê três homens: professor João Chiarini, usando terno escuro e óculos; vereador Mário Stolf, de lado e vereador Rubens Leite do Canto Braga, com bigode, olhando para frente.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Área de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão, eliminação

13 de dezembro de 2021

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Nota do arquivista

Setor de Gestão de Documentação e Arquivo

Objeto digital (Master) área de direitos

Objeto digital (Referência) área de direitos

Objeto digital (Miniatura) área de direitos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados