Mostrando 18 resultados

Descrição arquivística
Vídeo Com objetos digitais
Visualizar impressão Visualizar:

Calça

A calça faz parte do vestuário utilizado como uniforme pelo ex combatente.

Revolução de 1932

Camisa

A jaqueta/camisa faz parte do vestuário utilizado como uniforme pelo ex combatente.

Revolução de 1932

Cantil

Utilitário utilizado para armazenar água. O cantil faz parte dos objetos doados pelo ex combatente Joaquim Moreno.

Revolução de 1932

Capacete Modelo Inglês (1)

Durante a revolução de 32 foram fabricados para os combatentes três modelos de capacetes: Modelo Inglês, Modelo Francês, e o Modelo Paulista. Um dos itens doados para a câmara que pertenceram à Joaquim Moreno, é um capacete modelo Inglês. No modelo inglês A dobra aumenta a espessura da borda diminuindo a incidência de ferimentos ocasionados pelos choques ocasionais entre os soldados (“cabeçadas”).

Revolução de 1932

Capacete Modelo Inglês (2)

Durante a revolução de 32 foram fabricados para os combatentes três modelos de capacetes: Modelo Inglês, Modelo Francês, e o Modelo Paulista. Um dos itens doados para a câmara que pertenceram à Joaquim Moreno, é um capacete modelo Inglês. No modelo inglês A dobra aumenta a espessura da borda diminuindo a incidência de ferimentos ocasionados pelos choques ocasionais entre os soldados (“cabeçadas”).

Revolução de 1932

Capacete Modelo Paulista

Durante a revolução de 32 foram fabricados para os combatentes três modelos de capacetes: Modelo Inglês, Modelo Francês, e o Modelo Paulista. Um dos itens doados para a câmara que pertenceram à Joaquim Moreno, é um capacete modelo Inglês. O modelo paulista foi uma variação do modelo francês. O modelo francês era produzido em cinco peças: o casco com uma abertura em forma de fenda no topo, duas peças que formavam a borda, unidas a altura dos passantes da jugular, uma crista que dava acabamento a essa abertura que funciona como ventilação e um aro para aumentar a espessura da borda.
O fato de possuir cinco peças exigia serviços adicionais de prensagem, rebitagem e soldagem os quais dificultavam e encareciam o processo de produção, já o modelo paulista era estampado em uma única peça com uma protuberância no topo na qual havia quatro furos para ventilação e com a borda dobrada para ter uma maior espessura.
Nos modelos francês e paulista, a carneira é presa através de quatro conjuntos de duas presilhas cada, soldados no interior do casco do capacete, estas presilhas são enganchadas no tecido de lã da carneira e a prendem quando são dobradas para dentro. Presa também por essas presilhas, entre o casco e o tecido da carneira, existe uma tira de alumínio ondulada ao longo de toda a circunferência externa da carneira. Uma única tira de couro serve como jugular que tem uma das extremidades fixada através de ilhós a um dos dois passantes soldados na aba do capacete e a outra extremidade passando pelo outro passante e fixada através de ilhós a uma fivela passante que possibilita o seu ajuste. As carneiras para os modelos francês e paulista são iguais, salvo um ou outro detalhe que varia em função do fabricante.

Revolução de 1932

Chapéu (1)

O chapéu faz parte do vestuário utilizado pelo ex combatente. Tal tem um modelo conhecido do "selva" ou "militar" (cobertura cáqui), não é possível precisar a utilidade do mesmo, além de proteção ao sol.

Revolução de 1932

Chapéu (2)

O chapéu faz parte do vestuário utilizado pelo ex combatente. Tal tem um modelo conhecido do "selva" ou "militar" (cobertura cáqui), não é possível precisar a utilidade do mesmo, além de proteção ao sol.

Revolução de 1932

Chapéu (3)

O chapéu faz parte do vestuário utilizado pelo ex combatente. Tal tem um modelo conhecido do "boina", não é possível precisar a utilidade do mesmo, além de proteção ao sol. No item há a inscrição de uma provável data "28-10-1932", não se sabe o significado desta datação, e o motivo de tal marcação ter sido feita, ressaltando-se que a chamada Revolução de 1932 teve fim no dia 02 de outubro daquele ano.

Boina utilizada na Revolução de 1932, feita em pano com data ao verso "28-10-1932".

Revolução de 1932

Diploma da Medalha "M.M.D.C."

Diploma que acompanha a medalha "M.M.D.C." oficializada pelo decreto n. 40.087, de 14 de maio de 1962 do Governo do Estado de São Paulo, em comemoração do trigésimo aniversário desse fato histório a 3º Sarg. Joaquim Moreno, pela sua participação no Movimento Constitucionalista, à vista das provas apresentadas na Chancelaria do Conselho da Medalha, São Paulo - 9 de julho de 1963.

Revolução de 1932

Resultados 1 até 10 de 18