Mostrar 65 resultados

Descrição arquivística
Posse Com objeto digital
Previsualizar a impressão Ver:

Ata - 09/03/1832

Ata da reunião extraordinária de 09 de março de 1832, onde tratou-se sobre: posse de Joaquim Ferraz de Campos como fiscal suplente da Capela de Santa Barbara, no mesmo ato tomou posse e prestou juramento nos conformes da lei. Compareceu também, José Joaquim de Oliveira para tomar posse do cargo de fiscal suplente da Freguesia de Araraquara.
Documento escrito por Francisco Florencio do Amaral, e assinado por Silva, Fiuza, Lima, Morais e Castro.

Ata - 07/01/1833

Ata da reunião de 07 de janeiro de 1833, onde tratou-se sobre: deram posse os vereadores e juízes de paz desta vila, faltando alguns de outras freguesias. A Câmara deliberou que desse posse os que estivessem presentes.
Documento escrito por Francisco Florencio do Amaral, e assinado por Silva, Fiuza, Prado, Lima, Morais, Duarte e Castro.

Ata - 04/05/1833

Ata da reunião de 04 de maio de 1833, onde tratou-se sobre: tomou posse como Juiz Municipal desta Vila o senhor Agostinho Jose de Carvalho.
Propos o presidente da câmara que se designasse o dia em que deve ser feito o alistamento dos jurados nas Capelas e Freguesias, assim como os párocos. O suplente fiscal de Ribeirão Claro, Manoel Bueno, alegou não poder exercer o seu emprego por não saber ler e foi atendido.
Nomearam fiscais e discutiram a respeito de ofícios.
Documento escrito por Francisco Florencio do Amaral, e assinado por Fiuza, Toledo, Oliveira, Morais e Maxado.

Ata - 20/07/1833

Ata da reunião de 20 de julho de 1833, onde tratou-se sobre: Tomou posse como Juiz de Paz o senhor Caetano Jose da Cunha para o distrito do Sul desta vila. O senhor Morais indicou que deveria ser chamado dois vereadores suplentes para tomarem posse caso faltasse algum dos efetivos, assim a câmara sempre estaria preenchida.
Documento escrito por Francisco Florencio do Amaral, e assinado por Antonio Fiuza de Almeida, Manoel de Toledo Silva, Francisco Jose Maxado, Bento Manoel de Morais, Elias de Almeida Prado e Antonio Jose da Silva.

Ata - 07/01/1836

Ata da reunião de 07 de janeiro de 1836, onde tratou-se sobre: O presidente propôs que era necessário nomear uma comissão com dois membros para reverem todos os papeis necessários na presente sessão. Tomou posse de Juiz de Paz suplente o senhor Theodoro Andrade de Siqueira para a Capela de Pirassununga e que seja publico a dita posse. Ademais foram lidos requerimentos.
Documento escrito pelo secretário Francisco Florencio do Amaral e assinado por Manoel Toledo Silva, Antonio de Arruda Leme, Francisco de Camargo Penteado e Elias de Almeida Prado.

Ata - 02/03/1829

Leitura de circular do Presidente da Provícia em que determinava aos Juízes de Paz a boa ordem da polícia, bem como leu-se um ofício de Manoel de Barros Ferraz, alegando a impossibilidade de posse devido a moléstias e outro de Antônio Soares de Barros, informando de mesmo modo a impossibilidade de vir tomar posse, comunicando que, quando possível, o faria. Documento registrado e escrito por Joze Rodrigues de Cerqueira Cezar e assinado por Roza, Canto, Oliveira, Silva e Correa.

Ata - 03/03/1829

Ata da reunião de 03 de março de 1829, onde se procedeu a leitura de um ofício de Manoel de Barros Ferraz no qual alegava não ir tomar posse por estar em uso de remédios e que quando lhe fosse possível, tomaria posse. Deliberou-se que se chamasse o imediato em votos Francisco José Machado e o nomeado procurador Joaquim Guedes de Queiroz, que também informou que não podia ocupar o cargo por motivo de moléstia. Documento registrado e escrito por Joze Rodrigues de Cerqueira Cezar e assinado por Roza, Canto, Oliveira, Silva e Correa.

Ata - 04/03/1829

Ata da reunião de 04 de março de 1829, onde foi realizada uma discussão sobre a impossibilidade da posse do procurador Joaquim Guedes de Queiroz e de seu substituto João Damasceno Pacheco. Posse do Francisco José Machado. Proposta para a criação de uma sede própria para a Câmara Municipal e discussão sobre a questão e problemas do cemitério dentro do centro da Vila. Documento registrado e escrito por Joze Rodrigues de Cerqueira Cezar e assinado por Roza, Canto, Oliveira, Silva, Correa e Machado.

Ata - 11/05/1829

Ata da reunião de 11 de maio de 1829, onde foi realizado um juramento e posse do vereador Negreiros. Proposta do presidente para a criação de uma comissão para rever as ordens do governo dirigidas a Câmara.
Documento registrado e escrito por Joze Rodrigues de Cerqueira Cezar e assinado por Roza, Canto, Oliveira, Negreiros e Silva.

Ata - 12/08/1829

Ata da reunião de 12 de agosto de 1829, onde foi realizado o juramento e posse do senhor Botelho.
Documento registrado e escrito por Joze Rodrigues de Cerqueira Cezar e assinado por Oliveira, Negreiros, Barros e Ferraz.

Resultados 1 a 10 de 65