Capitão mor

Taxonomia

Código

Nota(s) de âmbito

Nota(s) da fonte

Mostrar nota(s)

Termos hierárquicos

Capitão mor

Termos equivalentes

Capitão mor

Termos associados

Capitão mor

4 Descrição arquivística resultados para Capitão mor

4 resultados diretamente relacionados Excluir termos específicos

Eleição de Capitão Mor e Capitão dos Ordinários

Eleição de Capitão Mor e de Capitão dos Ordinários feitas pelos vereadores eleitos, em consequência de ofício do Governo Provisório da Província. Em primeiro lugar foi eleito o Capitão João José da Silva, em segundo lugar o Capitão Domingos Soares de Barros e em terceiro lugar o Tenente João Leite de Cerqueira. A documento foi assinado por João de Medeiros Gomes, Xisto de Quadros Aranha, Miguel Antonio Gonçalves, Garcia Rodrigues Bueno e Pedro Leme de Oliveira e o escrivão José Manoel Lobo.

Eleição de Capitão Mor

Eleição de capitão mor pelos oficiais da Câmara, sendo eleito em primeiro lugar o Sargento Mor Estevam Cardoso de Negreiros, em segundo lugar o Capitão Antonio Soares de Barros e em terceiro lugar Carlos José Botelho.
Documento escrito e assinado pelo escrivão interino. Também foi assinado por Antonio Correa Pacheco e Silva, Bento Manoel de Morais, Antonio Franco d’Amaral, João Morato de Carvalho e Ignacio d’Amaral Gorgel.

Ata - 01/12/1840

Ata da reunião extraordinária de 01 de dezembro de 1840, onde tratou-se sobre: Em sessão compareceram os juízes de paz e tomaram posse e juramento na forma da lei. Leram um oficio de Lourenço Cardoso de Negreiros pedindo para ser dispensado de tomar posse do cargo de juiz de paz por já ter servido por quatro anos. Leram um oficio do Capitão Candido Jose Leite pedindo para ser isento de tomar posse do cargo de juiz de paz em razão de ser capitão mor da companhia de guardas nacionais da Freguesia de Limeira. Leram um outro oficio do tenente Francisco Leite do Amaral; uma licença concedida pelo exímio Governo ao professor desta Vila; apresentaram diplomas dos novos vereadores; leram a resposta do fiscal; indicaram fiscais; e finalizaram propondo que era necessário dar providencias sobre uma ponte na estrada de Araraquara que se encontra caída nas terras do capitão Francisco de Barros.
Documento redigido pelo secretario Jose Lopes de Siqueira.

Ata - 12/05/1828

Ata da reunião de 12 de maio de 1828, realizada na casa da aposentadoria do Ministro Ouvidor pela Lei Antonio Correa Paxeco e Silva, na qual nomearam um Capitão Mor, em cumprimento a uma portaria do Presidente da Província, por aclamação foi designado o sargento-mor Estevão Cardoso de Negreiro para o posto.
Documento registrado pelo escrivão José Tristão e assinado por: Silva, Morais, Amaral, Carvalho e Gorgel.